• Megafilter Filtros Industriais

Eletrólise (Hidrogênio) e Digestão Anaeróbica (Biogás)

Atualizado: 22 de jul.

Neste post nos concentramos em apresentar nossas soluções para dois mercados que estão ganhando espaço recentemente: eletrólise (produção de hidrogênio como vetor de energia) e biogás (usinas de digestão anaeróbica).

Além de separadores ciclônicos, filtros, torres de carvão ativado (para remover os últimos vestígios de óleo) e tanques de pressão; também fornecemos diferentes soluções de secagem, como pode ver abaixo.

H2 – Secadores por adsorção de hidrogênio

Uma vez que o hidrogênio é produzido, precisa ser comprimido para armazená-lo. No entanto, este estágio de compressão requer um gás extremamente seco, abaixo do ponto de orvalho de -60°C sob pressão. A série H2-DRY entrega e garante a qualidade adequada do hidrogênio em seu processo.

CH4 – Secadores por adsorção de metano

Após a cogeração e paralelamente à produção de calor ou outros tipos de energia, as usinas de Biogás também podem fornecer Metano ou Biometano para fins de mobilidade. O gás deve ser comprimido e extremamente seco. A solução oferecida é a série CH4-DRY.

CO2 – Secadores de Dióxido de Carbono

Encontrará o CO2 como um subproduto de muitos processos, como é o caso das usinas de biogás, onde é capturado e utilizado por questões econômicas e ambientais. Para liquefazer ou armazenar em recipiente, é necessário secar o CO2 a um ponto de orvalho de baixa pressão. Para isso, temos a solução série CO2-DRY.


O2 – Estações Geradoras de Oxigênio

Para proteger os motores a gás do sulfeto de hidrogênio (H2S) e aumentar a vida útil das unidades de cogeração, uma das técnicas mais populares é injetar oxigênio gasoso no fermentador de biogás para a oxidação, removendo assim o H2S. Nesta fase, oferecemos pacotes completos e prontos para uso, que fornecerão constantemente oxigênio puro.


Para mais informações entre em contato com nosso time.


13 visualizações