• Megafilter Filtros Industriais

Gestão dos Condensados e o Funcionamento do Produtos

A umidade da água não é a única substância indesejável. Há também outros poluentes no ar comprimido, confira as etapas de tratamento e os equipamentos utilizados.

Uma vez que o vapor de água faz parte do ar atmosférico, a condensação em sistemas de ar comprimido não pode ser evitada. Durante o processo de compressão, o ar é aquecido e depois arrefecido à medida que passa por mangueiras, válvulas e tubagens. Ao aproximar-se da temperatura ambiente, o condensado e o vapor líquido podem ser removidos com separação mecânica. À medida que o ar comprimido arrefece ainda mais, forma-se mais condensação.


A umidade da água não é a única substância indesejável. Há também outros poluentes no ar comprimido: óleo lubrificante transportado por compressores de ar lubrificados pelo óleo, gases corrosivos atmosféricos sugados pelo compressor de ar, aerossóis e vapores, partículas sólidas e ferrugem pelo sistema de tubagens, vasos de pressão e compressor de ar.


O primeiro passo é a eliminação da maior parte do condensado, que contém uma grande quantidade dos poluentes acima referidos, através de pós-refrigeradores e separadores condensados.


O segundo estágio é a remoção de aerossóis líquidos, aerossóis sob a forma de gotículas e partículas de submicron através de filtros de coalescentes.


A última etapa é a secagem do ar por refrigeração ou secadores de adsorção


O condensado deve então ser removido do sistema de ar por drenos de condensado automáticos ou manuais.


Confira abaixo algumas das opções que são comercializadas pela Megafilter:

Drenos Automáticos

Drenos Eletrônicos

Dreno com Temporizador e Dreno Manual



14 visualizações